segunda-feira, 14 de julho de 2014

Acampamento Extraordinário recebe cerca de 140 mil visitantes



                                             Foto: Luciano Martins/Divulgação PMPA  
                                      Arriamento das bandeiras dos países que jogaram em Porto Alegre na Copa

Foto: Cristine Rochol/PMPA
 Encerramento contou com a participação do vice-prefeito e secretários


O Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa encerrou-se nesse domingo, 13, em sessão solene com a presença do vice-prefeito, Sebastião Melo, e o arriamento das bandeiras dos países cujas equipes participaram de jogos em Porto Alegre. Com bom tempo e clima quente, quase 30 mil pessoas estiveram no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Estância da Harmonia), segundo estimativa do MTG. Durante os 30 dias de funcionamento, o evento recebeu 140 mil pessoas. Agora, até 7 de setembro, quando abrirá o tradicional Acampamento da Semana Farroupilha, os piquetes poderão abrir suas portas nos finais de semana, das 18h de sexta-feira até as 22h de domingo. (fotos)

"Certamente, mostramos aos turistas de todas as partes do mundo muito do que Porto Alegre e o Rio Grande têm de melhor: a hospitalidade, a tradição, a culinária, a boa música. Foi um grande evento, que volta logo em seguida, no mês de setembro", garantiu o vice-prefeito.

Já o presidente do MTG, Manoelito Savaris, afirmou que Porto Alegre cumpriu seu papel. Segundo ele, os visitantes tiveram ótima recepção, com lugar para ficar, banheiros, acesso a energia, água e acesso a alimentação. “Fizemos até o que não estava planejado”, explica Savaris, ao lembrar do fato de que a Fazendinha do Acampamento Farroupilha foi aberta para que os turistas argentinos pudessem acampar. A área recebeu mais de 3 mil hóspedes gratuitamente. Em sua fala, o secretário municipal da Cultura, Roque Jacoby, agradeceu a todos que se preocupam com “o que há de mais nobre, o cerne de nossa sociedade, nossas tradições”.  
Grande público - O Acampamento Farroupilha Extraordinário funcionou do dia 12 de junho a 13 de julho. Segundo o coordenador de Tradição e Folclore da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), Giovani Tubino, o parque recebeu 140 mil pessoas durante os 30 dias. Ele estima que 20 mil pessoas tenham prestigiado os shows realizados no Palco Central nesse período, que 5 mil tenham acompanhado as provas campeiras e que 3,5 mil tenham participado dos bailes e espetáculos realizados no Centro de Eventos do parque.

A Feira de Artesanato recebeu 72 expositores que investiram uma média de R$ 3 mil para comercializar artesanato, roupas e artigos típicos do Rio Grande do Sul. De acordo com Sílvio Pineda, que coordena a Feira de Artesanato, alguns dos expositores, como a Facas D’Ávila, que participou pela primeira vez do evento farroupilha, está muito satisfeito com o resultado das vendas: as facas estão entre os artigos de maior valor por peça comercializada dentro do Acampamento, sendo que algumas chegam a R$ 4 mil, por unidade.

Vinte e três estabelecimentos venderam alimentação dentro do Acampamento. Segundo Carlos Rogério Farias, que coordena a comercialização de alimentos para o evento, foram preparados 2 mil quilos de “costelão 24 horas”, um dos itens mais apreciados pelos visitantes estrangeiros. Vinte mil litros de cerveja foram distribuídos no Acampamento Farroupilha Extraordinário, segundo Marcos Bender, proprietário da distribuidora que atente a marca de cerveja patrocinadora.

Hospitalidade - O Galpão da Hospitalidade, espaço de referência para as oficinas abertas a visitantes do projeto Turismo de Galpão que ocorreu no Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa atendeu 7.393 pessoas desde a abertura do Mundial. Desse público, 52% foram turistas estrangeiros de 42 países em busca de informações sobre a cidade, o Acampamento Farroupilha e a cultura gaúcha. O atendimento no Galpão da Hospitalidade foi feito diariamente, das 9h às 22h, por uma equipe de 21 pessoas, incluindo recepcionistas com domínio em inglês, espanhol e francês. Mais de 600 pessoas participaram das oficinas e caminhadas guiadas abertas a turistas brasileiros e do exterior, que foram realizadas pelos 76 piquetes dentro do projeto Turismo de Galpão, todas com conteúdos da cultura gaúcha: como assar um churrasco, preparar um chimarrão, um charque e um arroz de carreteiro, além de doces típicos, dançar os ritmos regionais, conhecer a indumentária gaúcha, atividades campeiras, a história e as lendas do Estado, entre outros temas.
Inscrições abertas - O período de inscrições para o Acampamento Farroupilha Tradicional, que acontece a partir de 7 de setembro, será de 21 a 31 de julho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h, na Usina do Gasômetro (avenida Presidente João Goulart, 551). O acerto foi fechado na última sexta-feira, 11, pela Comissão Municipal dos Festejos Farroupilhas.

Requisitos para a inscrição:
1 - Alvará do ano de 2013;
2 - Projeto Cultural a ser desenvolvido no Acampamento Farroupilha (em mídia digital e impresso);
3 - Ata de Fundação da Entidade;
4 - Ata da atual Patronagem;
5 - Certificado de Curso dos Bombeiros de pelo menos dois integrantes da entidade.

O tema dos Festejos Farroupilhas de 2014 é "Eu sou do Sul".

Mais informações podem ser obtidas na Coordenação de Tradição e Folclore da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), pelo fone 3289-8013.
 


/acampamento_farroupilha /copa_2014 /cultura

Texto de: Bruno Bertuzzi e Luciano Medina Martins
Edição de: Jandira Davila Feijó

Nenhum comentário: