quarta-feira, 22 de março de 2017

Curso para Avaliadores Regionais já tem data



O Movimento Tradicionalista Gaúcho anunciou para os dias 24 a 26 de março a realização do curso de Preparação de Avaliadores Regionais para Concursos de Danças Tradicionais. O evento acontecerá em Porto Alegre, gratuitamente, com organização da vice-presidência artística, a cargo de José Roberto Fishborn.
No encontro, para o qual são aguardados representantes das 30 regiões tradicionalistas do Rio Grande do Sul, serão realizadas palestras, provas teóricas e práticas e também entrevistas relacionadas a temas como estrutura do MTG, voluntariado, ética, conduta e motivação.
São pré-requisitos para os interessados em participar serem indicados pelo Coordenador Regional, ter conhecimento pleno de todas as danças tradicionais (conforme a 4ª Edição do Manual de Danças Tradicionalistas), ter pelo menos 21 anos e não ter envolvimento com grupos de danças (instrutores, ensaiadores, coordenadores).
A iniciativa faz parte do novo posicionamento do Movimento Tradicionalista Gaúcho para qualificar o sistema de avaliação dos concursos de danças tradicionalistas, que foi um dos temas debatidos no 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado em Bento Gonçalves no início do ano.
Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, esse curso assinala um momento importante na história da entidade, demonstrando disposição e disponibilidade para empreender as mudanças que são necessárias para o fortalecimento do tradicionalismo e seus princípios.

Foto: Deivis Bueno

Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG
51 9370 0619

29ª Fecars reúne 1500 laçadores com sucesso ancorado na parceria, união e voluntariado



O Movimento Tradicionalista Gaúcho realizou, no final de semana, a 29ª edição da Fecars – Festa Campeira do Rio Grande do Sul. Em Rolante, o evento reuniu 1500 laçadores das 30 regiões tradicionalistas do Estado.
Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, esta foi uma das maiores Fecars já realizadas, com alto nível de qualidade e com um novo e austero modelo de organização e parcerias, exigido pelo atual momento. “Superamos todos os obstáculos de forma unida, com muita harmonia e força. A instituição sai mais fortalecida e vida longa ao MTG”, afirmou.
O presidente fez um particular agradecimento aos coordenadores, diretoria do MTG, à FCG - MTG, conselheiros, amigos, participantes, entidades filiadas - em especial à 22ª  Região Tradicionalista, à comissão executiva do evento, ao Piquete Três Estâncias e administrações municipais de Rolante, Igrejinha, Taquara, Parobé, Riozinho e Três Coroas e especialmente aos voluntários. “No Congresso debatemos e escolhemos o voluntariado como tema quinquenal e nossas entidades estão de parabéns, demonstrando que este é o espírito que as sustenta e também ao Movimento como um todo, rumo aos próximos 50 anos!”
Confira a lista de vencedores: http://www.mtg.org.br/noticias/195.
Um dos pontos altos do evento foi o Seminário de Cultura Campeira.

Foto: Seminário de Cultura Campeira foi um dos pontos altos do evento. Foto 1ª RT - Jeandro Garcia
 
Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

sexta-feira, 17 de março de 2017

Solon Silva assume Orcav


O tradicionalista Solon Silva, em solenidade realizada na noite de 9 de março em Passo Fundo, assumiu as atividades da Orcav – Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul. Sucedendo Airto Timm, Solon Silva terá como vices Verceli Oliveira e Marco Aurelio Angeli. A Comissão de Cavalgada estará a cargo de Wilson Oberdan Cantini, Paulo Machado e Edson Luís Souza. Sandra Abech será a secretária e Vitor Hugo Pochmann responsável pelo cerimonial. O presidente do MTG, Nairo Callegaro, esteve presente na solenidade, bem como o vice-presidente de Campeira, José Araújo.
A Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul foi criada no 43º Congresso do MTG, realizado em Santa Cruz, de 08 a 11 de janeiro de 1998. Atualmente congrega cavaleiros das 30 Regiões Tradicionalistas do Rio Grande do Sul, nas graduações de aspirante ao 5º grau. É Cavaleiro Aspirante todo aquele que tiver percorrido no mínimo de 200 quilômetros. Cavaleiros de 1º grau (Cavaleiro Rio-grandense), percorreram no mínimo dois mil quilômetros. Os Cavaleiros de 2º grau (Cavaleiro Antônio de Souza Netto) percorreram pelo menos 3,5 mil quilômetros. O Cavaleiro de 3º grau (Cavaleiro Bento Gonçalves) devem ter percorrido no mínimo 5 mil quilômetros. Já o cavaleiro de 4º grau (Cavaleiro Farroupilha) percorreu pelo menos 7 mil quilômetros e Cavaleiro de 5º grau (Cavaleiro Monarca) percorreu pelo menos 10 mil quilômetros.
 
Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

POSSE DO COORDENADOR REGIONAL


Ocorreu dia 08/02/2017 nas dependências do CTG Campo Verde – Campo Bom, paralelo ao Encontro Regional de Patrões, a posse da Coordenadoria Regional da 30ª RT Do MTG/RS Gestão 2017.
Na foto anexa, além da Coordenadoria Regional, Sr Presidente do MTG Nairioli Antunes Callegaro, Conselheiros do MTG e Prendado Regional

COORDENADORIA REGIONAL – 30ª RT -  GESTAO 2017


COORDENADOR:                                  Carlos Alberto Moser – CTG Serigote
VICE-COORDENADOR:                       Clésio Renato Nobre Vicente – CTG Palanques Da Tradição
1º SOTA-CAPATAZ:                              Neiva Adriana Fleck – CTG Essência da Tradição
2º SOTA-CAPATAZ:                               Lisete Ritter – CTG Essência da Tradição
1º AGREGADO DAS PILCHAS:          Marco Aurélio Moraes – CTG Estância do Campo Grande
2º AGREGADO DAS PILCHAS:          Henrique Scholz – CTG M Borore
DIRETORA CULTURA:             Eunice Cristina Da Silva Moser -  CTG Serigote
DIRETOR ARTISTICO:              Diogo Raul  Giovenardi Toniazzo-Sociedade Gaucha de Lomba Grade
DIRETOR CAMPEIRO:              Roberto Reis – CTG Estância da Divisa
DIRETOR DE CAVALGADAS: Cesar Luis Barbosa – ACTG Portal da Serra


CONSELHO FISCAL – TITULARES

1 –   Fabio Andre Fontana Saul           -           CTG Estância da Liberdade
2 –   Marco Aurélio de Godoy                -           CTG Palanques Da Tradição
3 –   Gilberto Germano Thomas             -          ACTG Portal Da Serra

CONSELHO FISCAL – SUPLENTES

1  – Alceu Gomes                                              -           CTG Essência da Tradição
2 -    Tânia Beatriz  de Souza Schneider        -          CTG Estância do Cotipora
3 -    Vanderlei José Outeiro                              -           CTG Garrao Da Serra
COMISSÃO ÉTICA – TITULARES

1 –   Laura Callegaro de Oliveira          -           Sociedade Gaucha de Lomba Grande
2 –   Mauro Antonio Bonfada                –          CTG Porteira Velha
3 –   Fernando Suris Bilhalva               -           CTG Campo Verde

COMISSÃO ÉTICA – SUPLENTES

1 –   Marcos Schoeder                            -           CTG Desgarrados da Querência
2 –   Oscar Basotto                                  -           ACTG Portal Da Serra
3 -    Miguel Inácio da Silva                   -           CTG Guapos do Itapuí



VISITE NOSSA PAGINA NO FACEBOOK - www.facebook.com/30aRegiaoTradicionalista

OS PRIMEIROS QUARENTA ANOS DE VIDA DÃO-NOS O TEXTO; OS TRINTA SEGUINTES O COMENTÁRIO

CARLOS ALBERTO MOSER
COORDENADOR 30ª  RT DO MTG/RS - 25 ANOS
Cel: (051) 98592 3820

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

8ª QUERÊNCIA DA POESIA GAÚCHA



http://querenciadapoesia.blogspot.com.br/

INSCRICÕES ABERTAS


 INSCRIÇÕES
 O período de inscrições será até o dia 25 de Março para ambas as fases.
As inscrições serão efetuadas exclusivamente através do endereço eletrônico ctgrodeio@hotmail.com

CTGs como Patrimônio Cultural da Unesco


MTG e MinC organizam candidatura e apresentação

O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Nairo Callegaro, e a vice-presidente de Administração e Finanças, Elenir Winck, receberam na tarde desta quinta-feira, 9 de fevereiro, o Secretário de Articulação e Desenvolvimento Institucional do Ministério da Cultura, Adão Cândido.
O encontro aconteceu na sede da instituição, em Porto Alegre, e teve como pauta a Declaração de interesse na candidatura dos Centros de Tradições Gaúchas ao Registro de Melhores Práticas, pra apresentação na Convenção da Unesco para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial.
“Estou convencido de que os CTG atuam como importantes núcleos de transmissão dos valores tradicionalistas gaúchos no Brasil e figuram como instrumentos essenciais para a salvaguarda das expressões que integram o conjunto de símbolos, práticas, rituais e manifestações artísticas associadas à identidade gaúcha”, afirmou Adão Cândido.
Para o presidente do MTG, Nairo Callegaro, a iniciativa é de suma importância para chancelar o trabalho de resgate e preservação da cultura gaúcha desenvolvido de maneira organizada, enquanto movimento, há 50 anos e de maneira espontânea desde a década de 1940, quando oito jovens retiraram uma centelha da pira da Pátria, gerando a Chama Crioula, que até hoje é gerada anualmente, mantendo vivo o espírito de amor e orgulho por sermos gaúchos.
Atualmente, encontram-se em funcionamento 2.835 CTGs, que se distribuem em todo o território nacional. Há, ainda, 12 CTG instalados fora do país (Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Paraguai e Portugal). Integrados a MTG, eles têm como principais objetivos norteadores da atuação preservar, promover e divulgar o tradicionalismo gaúcho, por meio de atividades esportivas, campeiras, sociais, assistenciais, culturais, artísticas e recreativas; promover a cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico; a promoção gratuita da educação, observando-se a forma complementar da participação; a promoção do voluntariado; a promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e  valores universais. 
Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Abertas inscrições para Cfor Básico


O Movimento Tradicionalista Gaúcho está com inscrições abertas para a primeira edição do curso Cfor Básico – Curso de Formação Tradicionalista deste ano. O encontro acontecerá no dia 25 de fevereiro, ao longo de todo o dia, na sede da entidade, em Porto Alegre.
O programa contempla História do Rio Grande do Sul; História do Tradicionalismo Gaúcho; Noções básicas da Cultura Gaúcha; Carta de Princípios e Gestão de pessoas: liderança, relacionamento interpessoal e gerenciamento de conflitos.
O investimento é R$ 80,00 e os organizadores solicitam a utilização de pilcha.
O formulário para inscrições está disponível no link: http://www.cursos.mtg.org.br/formulrio-cfor-basico-mtg

Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

29ª Fecars reverterá lucro em benefício de Rolante



A 29ª Fecars – Festa Campeira do Rio Grande do Sul, acontece em Rolante de 15 a 17 de março. As 30 regiões tradicionalistas do Movimento Tradicionalista Gaúcho já estão mobilizadas para participar do evento, que é uma realização conjunta do MTG, Prefeitura Municipal, 22ª Região Tradicionalista e Piquete de Laçadores Três Estâncias.
O grande diferencial desta edição é a doação integral dos lucros do evento para o Município, duramente atingido pelas chuvas que causaram prejuízos para inúmeras famílias. Segundo o presidente da entidade, Nairo Callegaro, com o evento posicionado desta forma o MTG reitera seu compromisso, alicerçado na Carta de Princípios, de auxiliar o Estado.
O evento, que também sediará o 18º Seminário de Cultura Campeira, deve reunir representantes das 30 regiões tradicionalistas do Rio Grande do Sul.


Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG


terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Chega ao fim a 18ª Cavalgada Cultural da Costa Doce


Após um percurso de 250km, entre Barra do Ribeiro e Pelotas, encerrou neste domingo a 18ª Cavalgada Cultural da Costa Doce. Neste último trecho a cavalgada partiu no sábado pela manhã da Fazenda do Sobrado, em São Lourenço do Sul, onde na noite anterior ocorreram diversas solenidades e apresentações culturais.
No percurso os cavaleiros almoçaram no histórico Sobrado da Sotéia, e pernoitaram na Capela da Ilha da Feitoria. No domingo logo cedo partiram rumo a praia do Laranjal. E como tem sido nos últimos anos, o caminho escolhido foi cruzando a Lagoa dos Patos, em seu trecho mais raso, mas de extrema beleza e emoção. Novamente acompanhados pela Fly Camera, com imagens sendo transmitidas ao vivo por Drone.
Próximo ao meio dia ocorreu o desfile pela avenida a beira da praia, onde eram aguardados por uma mateada organizada pelo SESC - Pelotas e logo com a chegada no destino final, CELA/Centro Equestre do Laranjal, onde foi servido o almoço de confraternização e encerramento.

Participaram em torno de 130 cavaleiros por todo o trajeto, oriundos de diversas cidades do Rio Grande do Sul e também de Santa Catarina, São Paulo e Uruguai. Em destaque tiveram uma grande participação de jovens acompanhado os veteranos, ou em grupos próprios. O que permite dizer do acerto em organizar Cavalgadas, para perpetuar a tradição formadora da personalidade do Gaúcho, o homem e o cavalo, vencedores de desafios do imaginário centauro dos Pampas.
Chega ao fim a 18ª Cavalgada Cultural da Costa Doce

Após um percurso de 250km, entre Barra do Ribeiro e Pelotas, encerrou neste domingo a 18ª Cavalgada Cultural da Costa Doce. Neste último trecho a cavalgada partiu no sábado pela manhã da Fazenda do Sobrado, em São Lourenço do Sul, onde na noite anterior ocorreram diversas solenidades e apresentações culturais.
No percurso os cavaleiros almoçaram no histórico Sobrado da Sotéia, e pernoitaram na Capela da Ilha da Feitoria. No domingo logo cedo partiram rumo a praia do Laranjal. E como tem sido nos últimos anos, o caminho escolhido foi cruzando a Lagoa dos Patos, em seu trecho mais raso, mas de extrema beleza e emoção. Novamente acompanhados pela Fly Camera, com imagens sendo transmitidas ao vivo por Drone.
Próximo ao meio dia ocorreu o desfile pela avenida a beira da praia, onde eram aguardados por uma mateada organizada pelo SESC - Pelotas e logo com a chegada no destino final, CELA/Centro Equestre do Laranjal, onde foi servido o almoço de confraternização e encerramento.

Participaram em torno de 130 cavaleiros por todo o trajeto, oriundos de diversas cidades do Rio Grande do Sul e também de Santa Catarina, São Paulo e Uruguai. Em destaque tiveram uma grande participação de jovens acompanhado os veteranos, ou em grupos próprios. O que permite dizer do acerto em organizar Cavalgadas, para perpetuar a tradição formadora da personalidade do Gaúcho, o homem e o cavalo, vencedores de desafios do imaginário centauro dos Pampas.


Mais informações: www.cavaleirosdacostadoce.com.br
Lindas fotos, vídeos e informações aqui: http://www.facebook.com/cavaleiros.dacostadoce
Jeândro Garcia (comunicação online) / (51) 99943-4742 / jeandro@uol.com.br
Carlos de Souza Gonçalves – Coordenador / (53) 99103-3410