segunda-feira, 28 de julho de 2014

PREVALECEU O BOM SENSO


Terminou, neste fim de tarde domingueira, gelada, mais uma Convenção Tradicionalista em Caxias do Sul. Ocorreu, simultaneamente, o Congresso Extraordinário, eventos que ditam os rumos do tradicionalismo  estadual.

Dentre as 45 propostas apresentadas não havia grandes sugestões radicais e foram aprovadas algumas alterações nas áreas campeiras e artísticas do  Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG).

Entre as modificações aprovadas na parte campeira está o uso da carona de couro, que agora também pode ser forrada com gel para proteger o lombo do animal. A proposta de tornar o uso da espora facultativo, no entanto, foi rejeitada.

Já o laço do peão, de agora em diante, poderá ficar solto, ou seja desapresilhado. Aqui, nesta proposta, se querem manter os costumes e a autenticidade, os convencionais pecaram. Retroajam no tempo... Onde se viu um gaúcho sair para o campo sem apresilhar o laço? A presilha é a segurança do peão de que a rês, mesmo laçada, não fugirá.    



Na parte artística uma rejeição nos deixou contentes e a esta recusa venho fazer um louvor. A proposta de redução do peso das provas teóricas para a escolha de peões e prendas segue como era antes. Não foi aprovada. Em resumo, prevaleceu o bom senso e a exigência do conhecimento sobre nossa terra, nossos costumes, sobre nós mesmos, continua intacto, graças a Deus e aos convencionais de real visão.

Nosso blog fez uma postagem sobre o tema e a repercussão contrária a proposta foi impressionante. Então, se colaboramos um pouco que seja para que nossos jovens continuem pesquisando e estudando sobre nossa história, nos sentimos felizes. 
Fonte: Blog Léo Ribeiro

XVII CAVALGADA DO MINUANO


A Comissão organizadora da XVI edição da Cavalgada do Minuano, convida a todos a participarem e prestigiarem este evento oficial da 30ª Região Tradicionalista que transcorrerá entre os dias 02 a 03 de Agosto de 2014,  a qual teve embrião  no dia 21 de julho de 1998, quando reuniram-se as patronagens dos CTG’s Querência de Nova Hartz, juntamente com os responsáveis pela campeira do CTG Coxilha de Araricá, CTG  Pedro Serrano , CTG  Desgarrados da Querência. e o  idealizador da cavalgada, então vice-patrão do CTG  Coxilha de Araricá Sr : Pedro Silvio Becker, tendo como objetivo de oportunizar e divulgar na região uma cavalgada mais participativa entre aqueles que dão valor aos costumes e usos da Tradição Gaúcha.
A 1ª Cavalgada do Minuano teve com Capataz  o Sr: Sérgio Meira, então capataz da campeira do CTG Querência de Nova Hartz.
No dia 25 de julho de 1998, as 8 hrs  deu-se a Abertura Oficial da 1º Cavalgada do Minuano, tendo como roteiro, Nova Hartz, Araricá e Sapiranga local do encerramento, já o almoço deu-se no Sitio Ecológico Ferra Braz.
A Cavalgada do Minuano, tem por finalidades:
a) Lutar pela preservação da formação gaúcha, da filosofia do Movimento Tradicionalista  e dos objetivos da “Carta de Princípios”;
b) Representar a 30º Região Tradicionalista no que se relacione à cavalgadas, desfiles, condução da Chama Crioula e programação similares Municipais e Estaduais;
c) Homenagear aqueles que, individualmente ou através de suas empresas, apoiarem as cavalgadas numa demonstração  de reconhecimento dos seus serviços;
d) Emitir orientações com o objetivo de coibir excessos que, quando não observados, possam representar dano ou risco aos cavalarianos ou suas montarias;
“A bandeira da cavalgada, terá como  cor predominante o Verde, com detalhes em Vermelho e Amarelo e terá o lema:
Sobre o lombo do cavalo, com o sopro do Minuano, mantemos acesa a chama da tradição”

Nesta edição a Cavalgada do Minuano terá como roteiro:

 PROGRAMAÇÃO
DIA 01 – SEXTA-FEIRA
18h00min  - Concentração e Pernoite no ACTG Portal Da Serra – Dois Irmãos
DIA 02 – SABADO
06h30min -   Café Da Manha
07h30min - Abertura e Saída   
13h30min – Saída Para Pernoite – CTG Amigos Da Tradição – Santa Maria do Herval.
DIA 03 – DOMINGO
07h30min – Saída –Para – Ararica
13h00min –Chegada para Encerramento – Espaço Municipal – Largo Das Azaleias

Nesta Edição serão agraciados com troféus:
*PRENDINHA PARCIAL
*PRENDINHA TOTAL
*PIAZITO PARCIAL
*PIAZITO TOTAL
*PRENDA MAIS IDOSA
*PEAO MAIS IDOSO
*EQUIPE MAIS ORGANIZADA DA 30ª RT DO MTG/RS
*EQUIPE MAIS NUMEROSA DA 30ª RT DO MTG/RS
*EQUIPE VISITANTE MAIS ORGANIZADA

A Comissão Organizadora da XVII Edição esta composta por:

COORDENADOR 30ª RT Do MTG/RS: Carlos Alberto Moser.
COORDENADOR DE CAVALGADAS DA 30º RT Do MTG/RS: Jose Danilo Palagi

Comissão Central
1ºCapataz: Antonio Flavio Da Costa – “Flavião” - CTG Querência de Nova Hartz        
2ºCapataz: Cesar Barbosa – “Amarelo” - ACTG Portal Da Serra
3ºCapataz: Rafael Bosco - CTG Estância da Liberdade
1ºSecretário:Marcos Hugenthobler –CTG Terra Nativa
2º Secretário: Auri Alves – CTG Estância da Liberdade
Tesoureiro:João Irineu Henkes – “Bombacha” - CTG Estância da Liberdade

Comissão de Segurança
Sgt Claudiomir Ferri           -  CTG Mourão de Estância            
Tem Cor Jones Vieira Nogueira – Sociedade Gaucha de Lomba Grande
           
Comissão de Saúde Animal
Vet. Betina Streb

Comissão de Prendas
Ivane Trierweiler  - CTG Serigote
Marli Oliveira – CTG Serigote
Indianara Alves – CTG Estância da Liberdade

nas fotos anexas, cortesia de André Luis Huppes, Comissao Organizadora de 2014 em Reuniao no CTG Amigos da Tradição em Santa Maria do Hervel


Fonte: Carlos Moser
Coordenador 30ªRT Do MTG/RS


quarta-feira, 23 de julho de 2014

Fundação Cultural Gaúcha tem nova Diretora Administrativa


Kelly já foi prenda da 1ªRt por duas oportunidades, prenda do DTG Cancela da Liberdade, do DTG Lenço Colorado e, foi 3ª Prenda do RS 2013/2014. É acadêmica de direito na Uniritter e assume a grande responsabilidade de administrar uma grande entidade do terceiro setor que é a grande parceira dos eventos do MTG.
          A Fundação Cultural Gaúcha, ou somente FCG, foi criada no ano de 1980, pelo então presidente do MTG Rodi Pedro Borghetti e teve como avalista Luiz Carlos Barbosa Lessa. Ela foi criada para ser o braço dinâmico do Movimento Tradicionalista Gaúcho e, sofreu uma grande reformulação no inicio do século XXI, logo após a morte de Gerciliano Alves de Oliveira, homem que manteve a Fundação funcionando através de uma pequena loja que ele carregava no porta–malas de seu Del Rey. No ano de 1999 quando Jayr Lima assumiu o MTG ele colocou de vice de administração Manoelito Carlos Savaris, e deu plenos poderes para promover as mudanças que a FCG precisava. A Fundação cresceu, adquiriu sede própria, ajudou a mudar eventos como  a semana farroupilha do RS, o desfile de Porto Alegre, o ENART, os grandes projetos estaduais. Promoveu escritores, publicou obras importantes para o tradicionalismo gaúcho e, ao final da primeira década, cumpre com a previsão de Barbosa Lessa, que estaria acontecendo mudanças estruturais com o surgimento de um novo “ismo” em 2010.
          Pois o grande desafio de Kelly Rocha será compor a equipe que administrará a Fundação Cultural Gaúcha em 2014. Sucesso para ela.

Rogério Bastos
Assessoria de comunicação Digital do MTG

terça-feira, 22 de julho de 2014

RESULTADO DO POUSO DE TROPA




O 1º Pouso de Tropa da Canção Nativista foi realizado nos dias 18 e 19 de julho, na cidade catarinense de Curitibanos. O festival aconteceu no Palco Cultural da 24ª Expocentro, tendo como apresentadora a sempre competente Analise Severo. 

As 20 canções concorrentes passaram pela análise dos jurados Daniel Torres, Erlon Péricles, Ernesto Fagundes, Maria Luiza Benitez e Vaine Darde,  que definiram os destaques do evento. 

Confiram:

Primeiro Lugar: Destino Estradeiro
Letra: Maximiliano de Moraes
Melodia: Cristiano Fantinel
Interpretação: Cristiano Fantinel

Segundo Lugar:  De Onde o Biriva Partiu
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Samuca do Acordeon
Interpretação: Jean Kirchoff

Terceiro Lugar:  Meu Chão Sagrado
Letra: Elton Saldanha
Melodia: Elton Saldanha
Interpretação: Ricardo Porto

Melhor Letra: Sonho Canaã - José Cesar Matesick
Melhor Melodia:  Destino Estradeiro -  Cristiano Fantinel
Melhor Instrumentista: Samuca do Acordeon -  De Onde Partiu o Biriva
Melhor Intérprete: Cristiano Fantinel – Destino Estradeiro
Mais Popular: Guamirim Sapecado
Letra: Renato Gomes
Melodia: Renato Gomes

Fonte: Jairo Reis / blog Ronda dos Festivais
 Fonte: blog Léo Ribeiro

Coreografias no ENART com limitações

Prenda adulta do CTG apresentará invernada na final do ENART
Determinação do Conselho Diretor do MTG prevê que a prenda da entidade fará o chamamento de seu grupo adulto na final do ENART em Santa Cruz, exaltando a história da entidade que fará sua apresentação. Veja a resolução:
RESOLUÇÃO Nº 08/14
Determina a forma anúncio da apresentação dos grupos de danças nas fases final e finalíssima do ENART DE 2014.
Com a finalidade de valorizar as entidades tradicionalistas, suas histórias, seu patrão e os investimentos em atividades focadas na cultura, o Conselho diretor resolve que:
1. O anúncio da entidade que vai se apresentar e quais as danças que serão apresentadas, na fase final e na finalíssima do ENART de 2014 deverá ser feita por uma das prendas adultas da entidade;
2. A apresentação ocorre no momento imediatamente posterior à liberação do grupo de danças para apresentação e deverá constar, no mínimo, do seguinte:
a. Nome, cidade e RT da entidade;
b. Data de fundação;
c. Nome do primeiro Patrão e do Patrão atual;
d. Quais as danças que serão apresentadas;
e. Nome dos responsáveis técnicos pela apresentação (instrutor, coreógrafo, etc.).
3. A apresentação deve ser feita no meio da pista de danças, com utilização de microfone sem fio, estando a prenda com sua faixa, independentemente de ser ela integrante do grupo de danças ou não.
4. Essa regra deve ser obedecida pelos grupos de danças das forças A e B e a não observância dessa determinação implica na desclassificação do grupo de danças.
5. O nome, com informação da data de nascimento, da prenda que for apresentar a entidade, deverá ser informado ao MTG até a data do sorteio da ordem de apresentação para a etapa final do ENART 2014, através de documento assinado pelo patrão da entidade.
Porto Alegre, 21 de junho de 2014.


Coreografias no ENART com limitações
Resolução fixa critérios e limites para as coreografias de entradas e saídas dos grupos de danças no ENART de 2014.
RESOLUÇÃO Nº 09/14
Com a finalidade de alcançar aos objetivos do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha – ENART (artigo 2º do Regulamento), o Conselho Diretor do MTG resolve fixar critérios e estabelecer limites para as coreografias de entradas e saídas dos grupos de danças previstas no artigo 26 do Regulamento do ENART.
Em complementação ao que determina o § 3º do artigo 26, deverão ser observados os seguintes requisitos para entradas e saídas:
1. Poderão ser utilizados até dois tradicionalistas além dos integrantes dos grupos para manuseio dos elementos cenográficos que compõe as entradas e saídas, tanto para montagem antes da apresentação, quanto para retirada do material no seu final;
2. Nenhum elemento do cenário poderá permanecer sobre o tablado dedicado à execução das danças e aqueles que permanecerem no entorno do tablado não poderão possuir altura superior a um metro, evitando prejudicar a visão das pessoas sentadas nas arquibancadas ou que se encontrarem em pé no entorno do tablado.
3. É proibido o uso de qualquer material pirotécnico, que utilize fogo, fumaça ou qualquer forma de explosão.
4. Fica proibida a colocação prévia de material cenográfico, utilizado para as entradas e saídas, no interior dos locais das apresentações do grupo. Todo o material será introduzido no local das apresentações nos momentos que antecedem a apresentação do grupo de danças.
5. Logo após a apresentação, todo o material deverá ser retirado do prédio em que ocorrerem as apresentações.
6. O descumprimento dessas determinações, assim como do que estabelece o § 3º do artigo 26 do Regulamento do ENART, acarretará a desclassificação do grupo de danças no concurso de danças tradicionais.
7. Esta Resolução entra em vigor nesta data e se aplica para as etapas final e finalíssima do ENART de 2014.
Porto Alegre, 21 de junho de 2014.

Manoelito Carlos Savaris                                                      Nairioli Antunes Callegaro

fonte: Rogério Bastos 


quinta-feira, 17 de julho de 2014

MTG abre sua bilbioteca ao público

Está em pleno funcionamento o departamento de apoio em acervo bibliográfico e de imagens físicas e virtuais do MTG, em especial, a biblioteca Guilherme Schultz Filho. Construída e inaugurada em 2010, a biblioteca conta com um grande número de livros, não só sobre tradição gaúcha, mas um vasto material literário que é cuidado com muito zelo pelas diretoras Vera Rejane Freitas e Vilma Conceição Paese.
          "A biblioteca está a disposição de quem quiser fazer sua pesquisa nas terças e quintas à partir das 9h da manhã até as 18h, além disso podemos agendar visitas" - disse Vera Rejane, que é voluntária na organização da biblioteca, junto com sua colega Vilma.

O que: Biblioteca Guilherme Schultz Filho – MTG
Dias de funcionamento: Terças, quintas ou agendas especiais
Horário: Das 9h ao meio dia e das 13h as 18h

Texto e fotos: Rogério Bastos




segunda-feira, 14 de julho de 2014

Acampamento Extraordinário recebe cerca de 140 mil visitantes



                                             Foto: Luciano Martins/Divulgação PMPA  
                                      Arriamento das bandeiras dos países que jogaram em Porto Alegre na Copa

Foto: Cristine Rochol/PMPA
 Encerramento contou com a participação do vice-prefeito e secretários


O Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa encerrou-se nesse domingo, 13, em sessão solene com a presença do vice-prefeito, Sebastião Melo, e o arriamento das bandeiras dos países cujas equipes participaram de jogos em Porto Alegre. Com bom tempo e clima quente, quase 30 mil pessoas estiveram no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Estância da Harmonia), segundo estimativa do MTG. Durante os 30 dias de funcionamento, o evento recebeu 140 mil pessoas. Agora, até 7 de setembro, quando abrirá o tradicional Acampamento da Semana Farroupilha, os piquetes poderão abrir suas portas nos finais de semana, das 18h de sexta-feira até as 22h de domingo. (fotos)

"Certamente, mostramos aos turistas de todas as partes do mundo muito do que Porto Alegre e o Rio Grande têm de melhor: a hospitalidade, a tradição, a culinária, a boa música. Foi um grande evento, que volta logo em seguida, no mês de setembro", garantiu o vice-prefeito.

Já o presidente do MTG, Manoelito Savaris, afirmou que Porto Alegre cumpriu seu papel. Segundo ele, os visitantes tiveram ótima recepção, com lugar para ficar, banheiros, acesso a energia, água e acesso a alimentação. “Fizemos até o que não estava planejado”, explica Savaris, ao lembrar do fato de que a Fazendinha do Acampamento Farroupilha foi aberta para que os turistas argentinos pudessem acampar. A área recebeu mais de 3 mil hóspedes gratuitamente. Em sua fala, o secretário municipal da Cultura, Roque Jacoby, agradeceu a todos que se preocupam com “o que há de mais nobre, o cerne de nossa sociedade, nossas tradições”.  
Grande público - O Acampamento Farroupilha Extraordinário funcionou do dia 12 de junho a 13 de julho. Segundo o coordenador de Tradição e Folclore da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), Giovani Tubino, o parque recebeu 140 mil pessoas durante os 30 dias. Ele estima que 20 mil pessoas tenham prestigiado os shows realizados no Palco Central nesse período, que 5 mil tenham acompanhado as provas campeiras e que 3,5 mil tenham participado dos bailes e espetáculos realizados no Centro de Eventos do parque.

A Feira de Artesanato recebeu 72 expositores que investiram uma média de R$ 3 mil para comercializar artesanato, roupas e artigos típicos do Rio Grande do Sul. De acordo com Sílvio Pineda, que coordena a Feira de Artesanato, alguns dos expositores, como a Facas D’Ávila, que participou pela primeira vez do evento farroupilha, está muito satisfeito com o resultado das vendas: as facas estão entre os artigos de maior valor por peça comercializada dentro do Acampamento, sendo que algumas chegam a R$ 4 mil, por unidade.

Vinte e três estabelecimentos venderam alimentação dentro do Acampamento. Segundo Carlos Rogério Farias, que coordena a comercialização de alimentos para o evento, foram preparados 2 mil quilos de “costelão 24 horas”, um dos itens mais apreciados pelos visitantes estrangeiros. Vinte mil litros de cerveja foram distribuídos no Acampamento Farroupilha Extraordinário, segundo Marcos Bender, proprietário da distribuidora que atente a marca de cerveja patrocinadora.

Hospitalidade - O Galpão da Hospitalidade, espaço de referência para as oficinas abertas a visitantes do projeto Turismo de Galpão que ocorreu no Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa atendeu 7.393 pessoas desde a abertura do Mundial. Desse público, 52% foram turistas estrangeiros de 42 países em busca de informações sobre a cidade, o Acampamento Farroupilha e a cultura gaúcha. O atendimento no Galpão da Hospitalidade foi feito diariamente, das 9h às 22h, por uma equipe de 21 pessoas, incluindo recepcionistas com domínio em inglês, espanhol e francês. Mais de 600 pessoas participaram das oficinas e caminhadas guiadas abertas a turistas brasileiros e do exterior, que foram realizadas pelos 76 piquetes dentro do projeto Turismo de Galpão, todas com conteúdos da cultura gaúcha: como assar um churrasco, preparar um chimarrão, um charque e um arroz de carreteiro, além de doces típicos, dançar os ritmos regionais, conhecer a indumentária gaúcha, atividades campeiras, a história e as lendas do Estado, entre outros temas.
Inscrições abertas - O período de inscrições para o Acampamento Farroupilha Tradicional, que acontece a partir de 7 de setembro, será de 21 a 31 de julho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h, na Usina do Gasômetro (avenida Presidente João Goulart, 551). O acerto foi fechado na última sexta-feira, 11, pela Comissão Municipal dos Festejos Farroupilhas.

Requisitos para a inscrição:
1 - Alvará do ano de 2013;
2 - Projeto Cultural a ser desenvolvido no Acampamento Farroupilha (em mídia digital e impresso);
3 - Ata de Fundação da Entidade;
4 - Ata da atual Patronagem;
5 - Certificado de Curso dos Bombeiros de pelo menos dois integrantes da entidade.

O tema dos Festejos Farroupilhas de 2014 é "Eu sou do Sul".

Mais informações podem ser obtidas na Coordenação de Tradição e Folclore da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), pelo fone 3289-8013.
 


/acampamento_farroupilha /copa_2014 /cultura

Texto de: Bruno Bertuzzi e Luciano Medina Martins
Edição de: Jandira Davila Feijó

XVII CAVALGADA DO MINUANO


A Comissão organizadora da XVI edição da Cavalgada do Minuano, convida a todos a participarem e prestigiarem este evento oficial da 30ª Região Tradicionalista que transcorrerá entre os dias 02 a 03 de Agosto de 2014,  a qual teve embrião  no dia 21 de julho de 1998, quando reuniram-se as patronagens dos CTG’s Querência de Nova Hartz, juntamente com os responsáveis pela campeira do CTG Coxilha de Araricá, CTG Pedro Serrano , CTG Desgarrados da Querência. e o  idealizador da cavalgada, então vice-patrão do CTG Coxilha de Araricá Sr: Pedro Silvio Becker, tendo como objetivo de oportunizar e divulgar na região uma cavalgada mais participativa entre aqueles que dão valor aos costumes e usos da Tradição Gaúcha.
A 1ª Cavalgada do Minuano teve com Capataz  o Sr: Sérgio Meira, então capataz da campeira do CTG Querência de Nova Hartz.
No dia 25 de julho de 1998, as 8 hrs deu-se a Abertura Oficial da 1º Cavalgada do Minuano, tendo como roteiro, Nova Hartz, Araricá e Sapiranga local do encerramento, já o almoço deu-se no Sitio Ecológico Ferra Braz.
A Cavalgada do Minuano, tem por finalidades:
a) Lutar pela preservação da formação gaúcha, da filosofia do Movimento Tradicionalista  e dos objetivos da “Carta de Princípios”;
b) Representar a 30º Região Tradicionalista no que se relacione à cavalgadas, desfiles, condução da Chama Crioula e programação similares Municipais e Estaduais;
c) Homenagear aqueles que, individualmente ou através de suas empresas, apoiarem as cavalgadas numa demonstração  de reconhecimento dos seus serviços;
d) Emitir orientações com o objetivo de coibir excessos que, quando não observados, possam representar dano ou risco aos cavalarianos ou suas montarias;
“A bandeira da cavalgada, terá como  cor predominante o Verde, com detalhes em Vermelho e Amarelo e terá o lema:
Sobre o lombo do cavalo, com o sopro do Minuano, mantemos acesa a chama da tradição”

Nesta edição a Cavalgada do Minuano terá como roteiro:

 PROGRAMAÇÃO
DIA 01 – SEXTA-FEIRA
18h00min  - Concentração e Pernoite no ACTG Portal Da Serra – Dois Irmãos
DIA 02 – SABADO
06h30min -   Café Da Manha
07h30min - Abertura e Saída   
13h30min – Saída Para Pernoite – CTG Amigos Da Tradição – Santa Maria do Herval.
DIA 03 – DOMINGO
07h30min – Saída –Para – Ararica
13h00min –Chegada para Encerramento – Espaço Municipal – Largo Das Azaleias

Nesta Edição serão agraciados com troféus:
*PRENDINHA PARCIAL
*PRENDINHA TOTAL
*PIAZITO PARCIAL
*PIAZITO TOTAL
*PRENDA MAIS IDOSA
*PEAO MAIS IDOSO
*EQUIPE MAIS ORGANIZADA DA 30ª RT DO MTG/RS
*EQUIPE MAIS NUMEROSA DA 30ª RT DO MTG/RS
*EQUIPE VISITANTE MAIS ORGANIZADA

A Comissão Organizadora da XVII Edição esta composta por:

COORDENADOR 30ª RT Do MTG/RS: Carlos Alberto Moser.
COORDENADOR DE CAVALGADAS DA 30º RT Do MTG/RS: Jose Danilo Palagi

Comissão Central
1ºCapataz: Antonio Flavio Da Costa – “Flavião” - CTG Querência de Nova Hartz        
2ºCapataz: Cesar Barbosa – “Amarelo” - ACTG Portal Da Serra
3ºCapataz: Rafael Bosco - CTG Estância da Liberdade
1ºSecretário:Marcos Hugenthobler –CTG Terra Nativa
2º Secretário: Auri Alves – CTG Estância da Liberdade
Tesoureiro:João Irineu Henkes – “Bombacha” - CTG Estância da Liberdade

Comissão de Segurança
Sgt Claudiomir Ferri           -  CTG Mourão de Estância            
Tem Cor Jones Vieira Nogueira – Sociedade Gaucha de Lomba Grande
           
Comissão de Saúde Animal
Vet. Betina Streb

Comissão de Prendas
Ivane Trierweiler  - CTG Serigote
Marli Oliveira – CTG Serigote
Indianara Alves – CTG Estância da Liberdade



fonte: Carlos Moser
Coordenador 30ªRT Do MTG/RS


Acampamento Farrapo da Paz em 2015



Acampamento Farrapo da Paz
Entre 23 e 27 de fevereiro, em Ponche Verde, região de Dom Pedrito, será comemorada a semana da paz, de forma diferenciada no ano que completa 170 anos da PAZ que deu fim a guerra dos farrapos.

          A Revolução Farroupilha durou quase dez anos e é o grande marco das comemorações do Rio Grande do Sul, e o 20 de setembro a data magna do estado. Mas é importante lembrarmos que encerrou com um tratado de paz, conhecida como a Paz de Ponche Verde.
          Existe uma lei estadual que define a semana da paz, de 23 de fevereiro à 01 de março de cada ano. Muitas vezes passa desapercebida. Comemorações isoladas. A ideia é que em 2015, ao completar 170 anos do tratado de paz, haja uma comemoração diferente. Cavalgadas se desloquem de diversas partes do estado, culminando com uma chegada no "acampamento farrapo da paz".  Que se apresentem os farroupilhas, com trajes de época (nada impede de usar traje atual como a bombacha) para simbolizar o momento e fazerem registros históricos.
          No dia 28, deverá ser realizado um “ato de assinatura da paz”. A ideia é que essa comemoração seja organizada todos os anos, bem como acontece com a Semana Farroupilha, no mês de setembro, para celebrar o começo da guerra.


O que: Acampamento Farrapo da Paz
Quando: De 23 a 27 de fevereiro de 2015
Onde: Campos de Ponche Verde em Dom Pedrito, 18ª Região Tradicionalista

Fonte: Rogério Bastos

domingo, 6 de julho de 2014

MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO - FUNDAÇÃO CULTURAL GAÚCHA - MTG




NOTA OFICIAL

            O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho e da Fundação Cultural Gaúcha-MTG, no uso de suas atribuições estatutárias, diante do que consta no Parecer MPC nº 05632/2014, de 27 de junho de 2014, tornado público por quem o elaborou (Procurador-Geral do MPC), vem a público esclarecer o seguinte:

1.   A cada ano o Acampamento Farroupilha é realizado no parque Maurício Sirotski Sobrinho, mediante convênio entre a Prefeitura Municipal (SMC) e Fundação Cultural Gaúcha-MTG.
2.   Todos os anos os recursos recebidos dos cofres públicos são depositados em conta bancária específica e são movimentados com a expedição de cheque ou transferência eletrônica correspondente a uma nota fiscal. Ao final do evento a prestação de contas é feita conforme determina a lei federal 8.666/93. Todas as contas, de 1999 a 2012, foram aprovadas pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre;
3.   No ano de 2012 a procuradoria municipal instaurou procedimento administrativo (tomada de contas) e apontou alguns problemas na metodologia de prestação de contas envolvendo os valores não orçamentários, fez recomendações para os eventos futuros e anotou as seguintes ressalvas:

- em 2008, parte dos recursos foi aplicada de forma diversa da estipulada no Plano de Trabalho;
- valores indicados pelo MTG nas prestações de contas como pagamentos ao DMLU – R$ 14.666,52 – e à SMAM – R$ 30.000,00 – “não ingressaram nos referidos Órgãos”;

4.   A respeito dos dois apontamentos deve-se informa o seguinte:
a.   Os valores apontados como pagos ao DMLU, nunca foram contratrados e tão pouco pagos para aquela empresa pública. Os valores - R$ 14.666,52 – foram pagos a empresas que realizaram a limpeza e a recomposição do Parque, após o evento (este é o procedimento adotado todos os anos), houve aí um equívoco da Procuradoria Municipal, o que foi amplamente provado e documentado pela Fundação Cultural Gaúcha-MTG;
b.   O valor de R$ 30.000,00, realmente constava no contrato com a Prefeitura Municipal e deveria ter sido pago à SMAM como “contrapartida ambiental” desde 2008. Esse valor não foi pago por absoluta insuficiência financeira do evento. Em 2011 havia um acumulo de R$ 120.000,00 não pagos à SMAM. Essa questão foi solucionada em 2012 com o acordo feito entre a Fundação e a SMAM que determinou a troca de postes permanentes da rede elétrica no Parque e reforma daquela rede elétrica de alta tensão, serviço realizado pela empresa SOLIEL e pago pela FCG com recursos captados junto à iniciativa privada. Portanto, hoje, não há qualquer dívida com a SMAM. Esses documentos foram acostados ao processo que tramita junto ao TCE.

         O MTG e a FCG-MTG, entidades privadas que se dedicam exclusivamente ao fazer cultural e à realização de eventos que tratem de cultura regional, foram surpreendidas com a divulgação do Parecer MPC nº 05632/2014 que opina pela rejeição das contas do Prefeito Municipal nos anos citados, a devolução de todos os valores alocados na realização do Acampamento Farroupilha e a aplicação de multa ao Prefeito Municipal de Porto Alegre.

         Com origem idêntica a essa que tratamos acima, o mesmo Ministério Público, pela Curadoria de Fundações instaurou IC nº 00844.00013/2010 que foi arquivado por absoluta ausência de indícios de qualquer irregularidade, conforme ofício 56/2013-CurFund, de 25 de novembro de 2013.

         O MTG e a FCG-MTG se colocam inteiramente a disposição da Prefeitura Municipal, do TCE e de qualquer organismo público de fiscalização para apresentar os documentos necessários e prestar as informações que sejam solicitadas. Todos os atos relativos a convênios ou termos de cooperação sempre foram pautados pela mais absoluta lisura e se houver necessidade de modificar algum procedimento, para atender aos princípios da legalidade e da transparência, isso será feito.

         A atual gestão do MTG e da FCG-MTG tem absoluta segurança em afirmar que os procedimentos adotados pelas gestões dos anos apontados pela tomada de contas foram sempre de boa fé e pautados pelo espírito público de bem servir.


Porto Alegre, 04 de julho de 2014.

Manoelito Carlos Savaris

Presidente do MTG